FMJ CELEBRA 53 ANOS COM AULA VIRTUAL e UM GRANDE DESAFIO

Hoje, dia 12 de março de 2021, a Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) completa 53 anos de existência e um protagonismo na educação da cidade de Jundiaí. A FMJ é uma referência na pesquisa e no ensino, desempenhando seu papel com êxito e reconhecimento.

Celebramos os 53 anos da Faculdade de Medicina de Jundiaí e a excelência de seus serviços. “Neste aniversário, agradecemos o corpo docente, os pesquisadores, os funcionários e os alunos que colaboram com esta grande instituição de ensino que se dedica na formação dos futuros médicos”, declara o Prof. Dr. Evaldo Marchi , diretor da FMJ

A instituição formou até hoje 2879 médicos, possui 148 docentes efetivos, 111 docentes colaboradores, 720 alunos de graduação, 201 residentes, 80 alunos de pós-graduação, 80 funcionários, além de pesquisadores cuja atuação vai além das fronteiras da instituição, alcançando resultados nacionais e internacionais.

“Nosso grande desafio, em tempos de pandemia, é continuar tendo excelência e inovação nas áreas de ensino, pesquisa e extensão e formando profissionais de saúde com base humanista, crítica, reflexiva e com senso de responsabilidade social”, explica. Evaldo.

Com quatro unidades voltadas para o ensino e para pesquisa, a FMJ é motivo de orgulho para população da cidade de Jundiaí. “Jundiaí está entre as melhores cidades para se viver, segundo a revista Exame, e a nossa Faculdade de Medicina de Jundiaí também contribuiu para alcançar esse resultado, uma vez que, a instituição é reconhecida nacionalmente e internacionalmente pela excelência na formação dos médicos e a significativa e relevante contribuição na área de pesquisa”, declara o prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado.

“Além da responsabilidade de formação de novos médicos e das pesquisas realizadas na instituição, a FMJ está inserida em toda a rede de saúde do município de Jundiaí. Os alunos, residentes e professores contribuem nos diversos níveis de assistência à saúde, desde atendimentos em UBS e projetos sociais, participando de atendimentos de especialidades, dos hospitais de média e alta complexidade, e na luta contra a infecção pelo COVID-19. Uma parceria de sucesso que possibilita qualidade e inovação na assistência dos munícipes”, comenta a Profa. Dra. Ana Carolina Marquesini de Camargo, vice diretora da FMJ.

A aula inaugural será conduzida pela Profª. Drª. PATRÍCIA ZEN TEMPSKI, DDa. Coordenadora de Ensino e Pesquisa Centro de Desenvolvimento da Educação Médica da Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo com o tema: Competências para cuidar da saúde das pessoas no século XXI. A aula será na Plataforma Online – Google Meet, para os alunos do calouros de 2021.

Profa. Dra. Patrícia Zen Tempski
A professora Patrícia é antes de tudo, uma entusiasta e defensora da Educação Médica de qualidade no Brasil e no mundo e do cuidado com as pessoas! É médica graduada pela Faculdade Evangélica do Paraná, com especialização em Pediatria Mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Federal do Paraná, e especialista em Didática no Ensino Superior em Saúde, doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo e Livre-docente em Educação na Saúde pela Universidade de São Paulo. Atua como assessora do Ministério da Saúde como integrante do grupo técnico da Saúde na síndrome de Down e atualmente coordena o Centro de Desenvolvimento de Educação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Além de todas estas atividades, é Secretária Executiva do Sistema de Acreditação de Escolas Médicas Brasileiras ABEM-CFM (SAEME) Sistema pelo qual a FMJ está acreditada. É membro da Comissão de Ensino Médico do Conselho Federal de Medicina e Faculty do curso “Leading Innovations in health care & education” na Harvard Macy Institute.