Faculdade de Medicina Jundiaí doou mais de 20 mil máscaras para Prefeitura e HU

O governador João Doria afirmou que será obrigatório o uso de máscaras em todas as cidades do Estado de São Paulo – inclusive Jundiaí e região – a partir de amanhã, quinta-feira, dia 7 de maio. A medida será válida para as pessoas que andarem nas ruas. A máscara funciona como medida preventiva, no âmbito do Plano de Contingência contra a COVID-19 .

A Faculdade de Medicina de Jundiaí, por iniciativa de sua Diretoria, apoiada pelo Comitê de Contingenciamento do Coronavírus – COVID19, em apoio à Unidade de Gestão de Promoção da Saúde e Prefeitura Municipal de Jundiaí, doou 22.200 máscaras, sendo 2.200 no modelo N95 com filtro, que chegaram à cidade na semana passada e 20 mil máscaras triplas com o objetivo de proteger os profissionais de Saúde que fazem parte do  combate à pandemia em Jundiaí. Duzentas  máscaras foram doadas para o Hospital Universitário e 22.000 foram doadas para a Unidade de Gestão e Promoção da Saúde.

“Pensamos em colaborar no combate à Pandemia, além da disponibilidade habitual de atuação de médicos e estudantes de medicina na rede de saúde municipal, queríamos fazer mais”, explica o diretor da FMJ, Edmir Américo Lourenço. A instituição está trabalhando para a prevenção e o combate ao novo coronavírus. O foco será a linha de frente – enfermeiros, médicos e profissionais de saúde, que estão em hospitais. “Ajudar é um ato de amor ao próximo, só o amor pode salvar o mundo desta pandemia”, comenta o diretor.

A finalidade desta medida é a autoproteção e a do seu semelhante, para tentar reduzir a forte e veloz contaminação de que o coronavírus é capaz! “Esta diretriz de aconselhamento é válida também para suas atividades particulares, pois absolutamente ninguém está livre de pegar a doença e evoluir para óbito”, explica Edmir.

funcionarios do HU usando mascaras