HOME


CURSO DE LIBRAS PARA FUTUROS MÉDICOS

por Assessoria de Comunicação FMJ - Jornalista Responsável - Claudia Mello - MTB – 28.835 em 05/06/2019 11:01:31
 

 

A Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) ofereceu aos estudantes de Medicina o Curso de Libras com objetivo de capacitar os futuros médicos no atendimento ao paciente surdo. Essa iniciativa, que está de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Medicina, permite a preservação da privacidade e a melhoria no atendimento a essa população, que soma mais de 9 milhões de pessoas apenas no Brasil.

Este curso está acontecendo desde o mês de março com encerramento em junho. Nesta segunda etapa, foram capacitados 26 estudantes e 2 funcionários do Hospital Universitário. O encerramento acontece na próxima segunda-feira, 03 de junho, às 18h na Unidade 1 da Faculdade de Medicina de Jundiaí e contará com apresentação de trabalhos práticos dos alunos e a entrega dos certificados. O próximo Curso está previsto para ser oferecido em 2020.

A professora especializada em Libras, Valdinéia Aparecida do Nascimento, considera a atitude da FMJ em oferecer o curso para os alunos algo importantíssimo: “Precisamos formar profissionais capacitados para atender esse público, uma vez que a Libras (Língua Brasileira de Sinais) vem ganhando visibilidade desde a lei 10. 436/02. Se todas as escolas e universidades oferecessem esta formação, as pessoas com surdez receberiam um atendimento com mais qualidade e teriam seus direitos e sua privacidade respeitada.”.

O aluno Arthur Torres Neves, do 2º ano médico, está participando das aulas e avalia que o curso proporcionou muito mais do que apenas aprender os sinais de Libras. “O curso proporcionado pela Faculdade foi sensacional. Não só aprendemos Libras, mas também entendemos toda dificuldade que um surdo tem na sociedade. A inclusão é um desses problemas, e o desconhecimento da Libras (Língua Brasileira de Sinais) por grande parte dos ouvintes cria uma barreira para o acolhimento. Diante disso, a professora Valdinéia nos ensinou, nesse semestre, a base dos sinais - que incluiu sinais da área da saúde também. O objetivo é estarmos preparados para atender um surdo durante e depois da nossa formação. Isso, com certeza, será um diferencial na vida deles”, conclui.

Para a coordenadora do Curso Médico, Profa. Dra. Monica V. N. Lipay, o curso atende uma necessidade tanto da população surda da região quanto dos alunos, que podem realizar um atendimento mais humanizado e ampliado para as pessoas que não contavam com essa importante ferramenta de comunicação, ensinada de forma tão lúdica e inspiradora.

 

Legenda da foto 01: João Batista Gaudêncio, atleta surdo, campeão sul americano de futebol de surdos e membro da seleção brasileira de futebol na Turquia na surdolimpiadas. O João também é presidente do Clube dos surdos de Jundiaí CSJ e esteve participando de aula de libras.

 
 
 
     
Faculdade de Medicina de Jundiaí - Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados