HOME


51 ANOS DA FMJ : QUE MÉDICO OS FUTUROS MÉDICOS QUEREM SER?

por Assessoria de Comunicação FMJ - Jornalista Responsável - Claudia Mello - MTB – 28.835 em 11/03/2019 17:34:00
 

 

Para celebrar os 51 anos da  Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) hoje pela manhã aconteceu a  Aula Inaugural com a presença dos estudantes do 1º ano. O palestrante deste ano foi o ex aluno e cirurgião plástico,  Dr. Aristides Augusto Palhares Neto, professor da Faculdade de Medicina de Botucatu (UNESP) e falou sobre expectativa, esperança e futuro da medicina. Aproximadamente 120 calouros estiveram presentes no evento.

 

A primeira parte da sessão foi solene e contou com a presença do vice-prefeito de Jundiaí e médico, Antônio Pacheco, membros da Associação de Amigos da FMJ: Carlos Spech e Wilson Zampieri, além do diretor da instituição, Edmir Américo Lourenço, vice diretora, Celia Martins Campanaro e coordenadora do curso médico, Monica Vanucci Lipay. Também participaram do evento professores e funcionários.

 

Edmir Lourenço falou do crescimento da instituição. “Estamos crescendo fisicamente com a Unidade 1, reformamos a Unidade 2, já vamos a obra para construção da Unidade 3 onde ficará o Centro de Pós Graduação e um museu. Estamos trabalhando para adquirir a Unidade 4. O nosso crescimento é gradativo e sempre prezando pela excelência e qualidade da instituição já reconhecida em todo país”, explica o diretor.

 

Pacheco em seu discurso cita Mahatma Gandhi e aconselha futuros médicos a exercer a medicina de forma humanística. Na sequência, o palestrante e o vice-prefeito receberam das mãos da Associação de Amigos da FMJ, a medalha e o selo comemorativo dos 50 anos.

 

Ao iniciar sua aula, Aristides Palhares propôs o exercício de discutir em grupo e apresentar  por meio de um cartaz, o tipo de médico que eles querem ser. Os alunos foram unanimes em dizer que a medicina precisa ser trabalhada de forma humanizada, altruísta, individual e o tratamento deve ser por meio da empatia e se colocando no lugar dos outros.

 

Palhares termina sua exposição dizendo que os futuros médicos e a instituição estão caminhando para o mesmo lado, se atualizando através das diretrizes curriculares e de uma medicina humanizada  e com valores essenciais para formação médica.

 

O médico deixou algumas dicas para os calouros. “Tenha sua rede de segurança, se mantenha fiel ao seu projeto, esteja no comando das mudanças e busque ajuda quando precisar”, finalizou.

 

 
 
 
     
Faculdade de Medicina de Jundiaí - Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados