HOME


NOVOS ESTUDANTES JÁ ESTÃO CHEGANDO NA FMJ

por Assessoria de Comunicação FMJ - Jornalista Responsável - Claudia Mello - MTB – 28.835 em 15/01/2019 16:08:37
 

 

Ontem e hoje, 14 e 15 de janeiro, os calouros conheceram sua nova casa. Os novos estudantes de Medicina, de 2019, já deram o primeiro passo para estudar na Faculdade de Medicina de Jundiaí: efetivaram a matrícula junto com seus pais e surpreendentemente, foram acolhidos pelos estudantes veteranos do Diretório Acadêmico e da Associação Atlética.

Para muitos, passar no Vestibular é a realização de um sonho. Chegar na Faculdade de Medicina exige esforço e planejamento e foi isso que o João e a Marina fizeram. A Marina Alves Uccella fez um ano de cursinho e vem de Araras, interior de São Paulo, disse que já conhecia a faculdade por meio dos canais de comunicação da instituição “Acompanho instagran, facebook da instituição, do Diretório Acadêmico e da Atlética”, completa.

João Victor Flores Nani veio de Itatiba, fez 2 anos e meio de cursinho e impressionou pela quantidade de informação que já tinha sobre a FMJ. “Optei por Jundiaí em função da tradição de 50 anos, do custo de vida da cidade, dos amigos que já estudam aqui, da distância de casa e principalmente por conta do acolhimento dos veteranos. Notei que existe um respeito pelo calouro”, conta João.  O pai de João, o médico Fábio Flores Nani e a mãe Carla estão orgulhosos e confiantes na decisão do filho.

Rogerio Natal Uccella, pai da Marina conta que já superou o fato da filha ir morar fora de casa. “Ela saiu a um ano de casa para fazer cursinho em Campinas,  ficamos apreensivos na época. Agora nesta nova fase estamos torcendo para que ela se adapte logo”, conclui. A novata é bem comunicativa e esta animada e ansiosa para iniciar a faculdade, porém ela já tomou uma decisão: “Desta vez quero  dividir apartamento com alguém”.

Neste ano foram  4.301 (quatro mil, trezentos e um) candidatos para 120 (cento e vinte) vagas, que representa 35,84 candidatos por vaga. vestibular de medicina é extremamente concorrido e difícil. Em 2019, ele foi realizado em uma única fase, no dia 01 de dezembro,  com provas de conhecimentos gerais e específicos. A 2ª lista de chamada sai amanhã, dia 16 de janeiro, para matrícula no dia 17 e 18 de janeiro.

A graduação em medicina dura seis anos, sem contar especializações e cursos adicionais, sempre necessários nessa área. Na formação básica estão a Anatomia e a Fisiologia, que estuda o funcionamento do organismo, além da algumas das disciplinas que fazem parte da integralização curricular.

Ao fim da graduação, o estudante está habilitado como médico generalista ou clínico geral. Se desejar especializar-se, ele poderá escolher dentre as mais de 60 opções reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina.

 

 
 
 
     
Faculdade de Medicina de Jundiaí - Copyright © 2019 - Todos os Direitos Reservados