HOME


FMJ É APROVADA NO EXAME DO CREMESP

por Assessoria de Comunicação FMJ - Jornalista Responsável - Claudia Mello - MTB – 28.835 em 23/02/2018 11:32:25
 

Pelo QUARTO ano consecutivo a Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) participou do exame e esta entre as escolas médicas paulistas com melhor desempenho no Exame do CREMESP 2017. Segundo o diretor da FMJ, Dr. Edmir Américo Lourenço, o resultado alcançado se deve ao esforço coletivo que reflete a qualidade do curso e o empenho de alunos, funcionários e professores. Lourenço faz questão de falar dos professores. “Temos um corpo docente qualificado e envolvido, que se dedica e conhece a necessidade de cada aluno”, conclui.

 

A 13º edição do Exame do Cremesp foi realizada no dia 22 de outubro de 2017 e a prova contou com a participação de 2.636 egressos de cursos de Medicina, 64,6% – ou 1.702 – acertaram mais de 60% das 120 questões da prova, porcentagem que o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) considera mínima para a aprovação. Os outros 35,4% - ou 934 participantes - acertaram menos de 60% das questões.

 

Ainda sobre a prova, o propósito do Cremesp é fornecer subsídios para o aprimoramento dos cursos avaliados e de formação médica, visando à adequada assistência de saúde. Cada escola receberá um relatório de desempenho dos seus alunos para atuar de forma determinante nas disciplinas onde o desempenho foi menor.

 

A Profa. Dra. Monica Lipay, coordenadora do curso médico ressalta e destaca as parcerias e atuação conjunta como algo determinante para o bom desempenho do aluno na prova: “A faculdade tem um grande número de cenários de prática de aprendizagem e trabalhamos de maneira atualizada com foco na qualidade do ensino”.

 

A partir de 2015, a participação no Exame do Cremesp passou a ser critério para acesso a importantes programas de Residência Médica (RM) e, também, para participação em concursos públicos nos âmbitos estadual e municipal.

 

Das 46 escolas médicas em atividade no Estado de São Paulo em 2017, 32 foram avaliadas no Exame - as demais, abertas há menos de seis anos, ainda não haviam formado turmas à época do Exame. Em 2018 (até fevereiro), já são 57 escolas médicas no Estado, sendo 53 em atividade.

 

 

Estatísticas (fonte CREMESP):. Os resultados do Exame do Cremesp podem contribuir para o debate sobre a qualidade da formação médica, sobretudo, quando existe um grande número de escolas em funcionamento no Estado. De 2007 a fevereiro de 2018, foram criados no País 129 novos cursos, 82 privados e 47 públicos. No Brasil, já são 308 escolas médicas.

 

 

A Faculdade de Medicina de Jundiaí foi criada em 1968 e seu primeiro diretor foi  o Dr. Jayme Rodrigues, cidadão jundiaiense e cirurgião conceituado,  que recebeu a colaboração da Prefeitura e dos muitos amigos da cidade e da Faculdade de Medicina da USP para iniciar os trabalhos de  formação médica. Hoje a FMJ já graduou mais de 2600 médicos, conta com uma infra estrutura excelente, laboratórios bem equipados e oferece 120 vagas.

 
 

Faculdade de Medicina de Jundiaí - Copyright © 2017 - Todos os Direitos Reservados