HOME


CENTRO DE ESTUDOS DA FMJ RECEBE DOAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE HISTEROSCOPIA

por Assessoria de Comunicação FMJ - Jornalista Responsável - Claudia Mello - MTB – 28.835 em 03/10/2017 10:29:43
 

O aparelho permite maior agilidade e precisão no diagnóstico e tratamento de problemas intrauterinos

O Centro de Estudos Governador Geraldo Alckmin do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da FMJ recebeu nesta semana a doação de um equipamento completo de histeroscopia, que ficará no Hospital Universitário de Jundiaí (HU). O aparelho permite a identificação e tratamento de doenças intrauterinas por meio de uma fina fibra ótica. Inicialmente o aparelho deve auxiliar em cerca de 10 diagnósticos de cirurgias a cada mês. A demanda deve crescer à medida em que a ferramenta for divulgada aos especialistas da cidade e região.

Na companhia do professor da FMJ e ginecologista, Dr. Thomaz Gollop, os doadores do equipamento visitaram a Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) e o HU, tendo a oportunidade de conhecer os projetos de pesquisa em andamento e a assistência prestada à população. De acordo com o médico, os doadores preferem ficar no anonimato. O equipamento custa em média 300 mil reais e foi cedido ao CEGGA (Centro de Estudos Governador Geraldo Alckmin do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da FMJ).

O equipamento ficará disponível no HU para uso junto à população atendida pelo hospital. De acordo com o Dr. Gollop, o equipamento chegou nesta quarta-feira (20) e já está montado. “Nós precisamos tomar todos os cuidados que evitem qualquer dano por uso inadequado. Nosso próximo passo é adquirir um nobreak de acordo com as especificações da empresa que o instalou”, informou.

O especialista explica que o equipamento permite fazer diagnósticos intrauterinos e respectivas cirurgias, tais como anormalidades do endométrio, pólipos, pequenos e médios miomas. “É possível fazer o diagnósticos com visão direta do operador com grande precisão. Contribui na baixa do custo operacional e segue as diretrizes de cirurgia minimamente invasiva para o Sistema Único de Saúde. Em resumo aumenta a precisão dos diagnósticos, diminui o tempo de internação, permite cirurgias minimamente invasivas e ensina técnicas modernas para nossos residentes”, destaca o médico.

Histeroscopia 2: Da esquerda p/ a direita: Gabriel Morais – (Técnico Strattner); Dr. Armando Antunes Junior (Operará o equipamento), Prof. Dr. Thomaz Rafael Gollop Professor associado) e Rogério Aleixo (Executivo de Vendas - Strattner).

 

 
 

Faculdade de Medicina de Jundiaí - Copyright © 2017 - Todos os Direitos Reservados