HOME


SECRETÁRIO DE SAÚDE FALA SOBRE SUS NO ANIVERSÁRIO DA FMJ

por Assessoria de Comunicação FMJ - Jornalista Responsável - Claudia Mello - MTB – 28.835 em 14/03/2016 12:20:16
 

Aproximadamente 200 pessoas acompanharam a aula inaugural da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) nessa manhã, dia 14 de março. Essa atividade foi realizada em comemoração aos 48 anos da instituição. A celebração contou com a  presença de autoridades, professores, alunos e funcionários.

O convidado para ministrar a aula inaugural foi o Secretário de Saúde de Jundiaí, Luis Carlos Casarin. O secretário falou do fato de ter uma das melhores faculdades de medicina do país. “Não é exagero falar que vocês fazem parte de uma das melhores faculdades do país. É motivo de orgulho para cidade e para o governo”.

Casarin também mencionou a aproximação entre a secretaria e a faculdade. “É uma conquista esse aproximação ensino e serviço. Fazer parte desse momento histórico é uma grande satisfação para mim e para a Prefeitura”.

A sessão solene foi aberta pelo diretor da FMJ, Itibagi Rocha Machado e na sequência o vice-diretor, Edmir Américo Lourenço fez questão de enfatizar a parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. “É fundamental a parceria, pois permite que professores e alunos trabalhem bem próximo à população, atuando de forma decisiva nos Ambulatórios e  Hospitais”. O professor Edmir finalizou dizendo que os 48 anos de história foram desafiadores, mas com muitas conquistas.

 A aula do secretario também  apresentou datas históricas para saúde do nosso país, como a criação de postos de puericultura em 1956, que foi a origem das conhecidas Unidades Básicas, a 8ª Conferência Nacional de Saúde em 1986 que propôs a criação do Sistema Único de Saúde  e a Constituição de 1988 que contemplou no artigo 196 o direito a saúde e os princípios constitucionais do SUS: universalidade, integralidade e equidade. “Temos o maior Sistema Público de Saúde do Mundo”.

 

Casarin  ainda listou alguns indicadores de saúde positivos como expectativa de vida, mortalidade infantil e mortalidade materna. “Com todos os problemas de saúde e muitas críticas, o SUS conseguiu salvar muitas vidas”, finalizou.

 

 

 
 
Copyright © 2017 - Faculdade de Medicina de Jundiaí - Todos os Direitos Reservados