HOME


Anatomia

Programa de Doação Voluntária de Corpo para Estudo em Anatomia

 

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS

 

 

Importância do Corpo Humano

 

O estudo da anatomia com a utilização de cadáveres é essencial para a formação dos profissionais da área da saúde. Afinal, apesar de outros recursos tecnológicos disponíveis, o corpo humano continua sendo insubstituível. A falta de corpos é um grande problema para a faculdade, que hoje conta com um número muito pequeno de doadores.
O ato da doação beneficia milhares de pessoas, pois o corpo humano ajuda a preparar melhores profissionais que atenderão àqueles que continuam vivendo.


Porque doar?

Ao doar o corpo, a pessoa poderá também ajudar a salvar outras vidas


Como se tornar um doador?

A doação é muito simples.
É necessário preencher a Ficha Cadastral de Termo de Intenção de Doação Voluntária de Corpo Após a Morte, que é parte integrante do Termo de Declaração de Vontade e Testemunho de Doação Voluntária de Corpo para Estudo Anatômico, com assinatura reconhecida em cartório no prazo de 72 horas. Esse documento deve ser assinado pelo doador e por duas testemunhas, de preferência parentes de primeiro grau.

Quem pode se tornar doador?

Qualquer pessoa com mais de 18 anos. É essencial deixar a família e os amigos cientes da sua decisão de doar o corpo para a Disciplina de Anatomia Humana da Faculdade de Medicina de Jundiaí, após a morte.


Qual o procedimento após falecimento?

Quando ocorre o falecimento, alguém responsável pelo falecido deve comunicar imediatamente à Faculdade (daí a importância dos familiares do doador terem conhecimento da doação e concordarem com ela), para as providências necessárias, inclusive legais. Aliás, tudo isso é feito respeitando-se, sempre, todas as leis que tratam do assunto e os princípios éticos e morais.

Documento sem título
Copyright © 2017 - Faculdade de Medicina de Jundiaí - Todos os Direitos Reservados