HOME


FACULDADE DE MEDICINA DE JUNDIAÍ

Situação Jurídica: AUTARQUIA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ


Diretor
Prof. Dr. Edmir Américo Lourenço

Vice-Diretora
Profª. Dra. Célia Martins Campanaro

Coordenadora do Curso de Medicina
Profª. Dra. Mônica Vanucci Nunes Lipay

Coordenador de Pós-Graduação
Prof. Dr. Evaldo Marchi

Secretário Executivo
Carlos de Oliveira Cesar

Gerente de Administração

José Carlos Tresmondi


Ano de criação da FMJ: 1968 (48 anos de experiência).

Médicos graduados: 2506 (42 Turmas).

Distância de S. Paulo (capital): 60 Km.

Vagas oferecidas em Medicina: 120 (cento).


1973 – Reconhecimento pelo MEC.

1974 – Formou a primeira Turma.

1974 – Primeiro Programa de Residência Médica em Psiquiatria

1975 - Iniciou PRM de Otorrinolaringologia

1978 – Implantou Programas de Residência Médica credenciados pela CNRM/MEC em Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Obstetrícia/Ginecologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Dermatologia e Oftalmologia .
Residentes formados: 982.

1983 – Primeira reforma curricular – Internato em 2 anos.

1989 – Submeteu todos os docentes a concurso público de provas e títulos.
Corpo Docente (2015): 128 professores.
Titulados (Livre Docente, Doutor, Mestre): 105 (82%) – igual ou superior às grandes universidades públicas.
Professores Colaboradores: 96 (voluntários).
Médicos Preceptores: em todos os Hospitais conveniados.
Alunos matriculados em Medicina: 444.
Residentes e Estagiários: 169.

2004 – Implantou o PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica)– 20 bolsas do CNPq e 5 bolsas da FMJ – os trabalhos desenvolvidos no PIBIC têm recebido vários prêmios em eventos científicos.

2009 – FAPESP passou a conceder bolsas de Iniciação Científica e financiar projetos de pesquisa na FMJ.
Monitoria: desconto na mensalidade - mais de 20 bolsas.

2011 – Início do Curso de PÓS-GRADUAÇÃO stricto sensu – MESTRADO ACADÊMICO em Ciências da Saúde: 15 vagas e 36 dissertações de Mestrado já defendidas até dezembro de 2014.

2012 – Foi aprovada pelo Conselho estadual de Educação, a ampliação do número de vagas para estudantes de Medicina gradativamente, aprovado pelo MEC. (70 vagas em 2013 e 2014; 80 vagas em 2015 e 120 vagas em 2016)

2013 – No último ENADE, prova feita pelo MEC, a cada 3 anos, a FMJ foi muito bem avaliada alcançando nota 4, numa escola de 1 a 5.

2014 - Prova do CREMESP- Neste ano, a instituição foi reconhecida como uma das escolas médicas melhor avaliadas, por meio da prova anual que é realizada pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo.

2015 – Aquisição da Unidade 2 que vem se estruturando para se tornar mais um espaço de atividades práticas para estudo, pesquisa e atendimento da população, no segundo semestre de 2016;

2015- Prova do CREMESP - Neste ano, a instituição foi reconhecida pelo segundo ano consecutivo, como uma das escolas médicas melhor avaliadas, por meio da prova anual que é realizada pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo. Estamos entre as 15 melhores do estado com mais de 60% de acerto.

Revista Perspectivas Médicas - Não poderia deixar de registrar o crescimento da Revista Perspectivas Médicas, com indexações importantes, tornando a Faculdade conhecida internacionalmente no meio acadêmico.

Parcerias - A escola também é referência para a graduação médica no país. Para que isso acontecesse, foi fundamental a parceria com diversas entidades, entre elas destacamos a Prefeitura de Jundiaí, que permitiu que os professores e alunos trabalhassem mais próximos à população, atuando de forma determinante e decisiva nos Ambulatórios, Unidades Básicas e Hospitais da cidade.

DIRETRIZES CURRICULARES DO MEC
Teve início em 2001 o Internato de Saúde Coletiva, desenvolvido atualmente na UBS do bairro Santa Gertrudes e outros serviços da Secretaria Municipal de Saúde, oficializado através da Lei Municipal nº 6921/2007. Em 2009 foi desenvolvido projeto PET SAÚDE, em convênio com o Ministério da Saúde, ampliado para 2010/11 e retomado em 2013/2014.

OUTRAS INFORMAÇÕES RELEVANTES
Merece registro o projeto pedagógico da Faculdade que prevê mudanças curriculares significativas iniciadas em 2003, visando maior integração com o Serviço Municipal de Saúde e SUS, colocando os alunos, desde o 1º ano, em contato com os serviços de Saúde e a comunidade.

ENADE ( 2013 ) – Avaliação trienal do MEC
Conceito da Instituição (IGC – corpo docente, organização didático-pedagógica e Instalações): 4 Coloca a FMJ entre as melhores Escolas do país Conceito do Curso (CPC) – Medicina: 4 (conceito máximo 5)

Exame do CREMESP (2014 E 2015)
Avaliação Anual - Reconhecida como uma das escolas médicas melhor avaliadas, por meio da prova anual que é realizada pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP).

SEDE DA FACULDADE - UNIDADE I
Área Física: 7.080 m2.
Área Construída: 7.700m2.
Auditório: 359 cadeiras almofadadas.
Anfiteatros: dois com 130 e dois com 80 cadeiras almofadadas
Salas de aulas: dois com 60 cadeiras universitárias.
Salas de aulas: quatro com 40 cadeiras universitárias com paredes removíveis transformando em duas salas; duas de 30 cadeiras universitárias.
Biblioteca: 460 m2 de área – 5.877 livros e 506 títulos de periódicos (22.977 volumes), além de biblioteca virtual com 1.200 títulos.
Laboratório de Informática: trabalhos e acesso á Internet.

AMBULATÓRIO DE ESPECIALIDADES
Instalado em prédio anexo da Faculdade desde 1997, oferece assistência da melhor qualidade à população e serve de campo de ensino prático aos alunos de Medicina.
A FMJ adquiriu terreno de 500 m2, em frente ao prédio sede, com vistas à instalação de um Centro de Pesquisas e Pós-Graduação (CPPG) – Unidade III. Está em fase final de aquisição de prédio (Unidade II), próximo ao prédio sede, com 2.900 m2 de área, para ampliação e adaptação de suas atividades.

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE JUNDIAÍ
Área do terreno: 14.800 m2.
Á rea construída: 8.500 m2.
Número de leitos: 123 leitos – SUS; 11 leitos – convênio.
Está integrado ao Sistema Municipal de Saúde, onde funcionam os Serviços de Obstetrícia/Ginecologia e de Pediatria, bem como os respectivos Internatos (5º e 6º anos) e Estágio de Enfermagem, além dos Programas de Residência Médica. São realizadas Cirurgias eletivas de várias especialidades. Conta com amplo auditório.

HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO
Número de leitos: 218.
Á reas que atende: Clínica Médica, Cirurgia e Ortopedia. Os Internatos (5º e 6º anos) e os Programas de Residência Médica são lá desenvolvidos, além da Propedêutica (3º ano médico) e Estágios de Enfermagem.
Esse hospital foi reconhecido pelo Ministério da Saúde como Hospital de Ensino em razão da presença da Faculdade.

HOSPITAL GERAL DE TAIPAS

HOSPITAL REGIONAL

REDE MUNICIPAL DE SAÚDE (UBS e PSF)


 

 

Documento sem título
Copyright © 2017 - Faculdade de Medicina de Jundiaí - Todos os Direitos Reservados